A Implantodontia e Estética Dental pelo Especialista | fotos e video | implante dentario | reabilitação oral

Não faça tratamento só nos dentes da frente

Não faça tratamento só nos dentes da frente
FacebookEmailShare

Muitas vezes, as pessoas procuram o consultório dentário apenas quando elas enxergam problemas nos dentes da frente, muito mais afetadas com a estética do que com a saúde bucal. Porém, é importante que a preocupação seja muito além da estética e seja da mesma forma com todos os dentes, anteriores e posteriores.

Alguns problemas que aparecem nos dentes de trás evoluem de forma silenciosa e passam despercebidos por um leigo, justamente por ser uma área mais escondida. Porém esses problemas podem ser facilmente diagnosticados pelo dentista em fase inicial, desde que haja uma frequência para consultas de rotina.

É muito comum, por exemplo, que surjam doenças periodontais como o acúmulo de placa bacteriana e tártaro, gengivite e cáries nos dentes de trás. Isso ocorre por dois principais motivos: 1 – a pessoa não sabe ou não se esforça para escovar esses dentes tão bem quando os dentes anteriores. 2 – a pessoa fica com a falsa impressão de que os dentes posteriores estão saudáveis só porque olha para os dentes mais visíveis e acha está tudo aparentemente bonito.

Não é difícil ocorrer uma situação como esta: quando o dentista indica uma restauração para arrumar algum dente na frente, o paciente não pensa duas vezes em realiza-la, afinal ele não quer ficar com um dente quebrado aparecendo quando fala e sorri. Mas quando a restauração é para corrigir um dente de trás deteriorado pela cárie, se não causar dor, alguns deles tendem a postergar o tratamento achando que isso não é tão importante e que pode esperar por um momento mais oportuno.

A mesma coisa acontece quando há indicação de tratamento ortodôntico. Veja, a correção com aparelho ortodôntico mais do que corrigir problemas estéticos, é extremamente importante para correções de problemas funcionais como a má oclusão dentária. Um leigo muitas vezes pode olhar para sua arcada e não perceber algum problema. Ele pode dizer “mas meus dentes não são tortos, são certinhos”. Isso porque ele só está enxergando esteticamente os dentes da frente. Porém, o ortodontista tem um olhar clínico e avalia outras coisas, como por exemplo, os pontos de contato e se a mordida é cruzada (facilmente visualizada nos dentes de trás).

Outro engano que ocorre é o paciente querer investir no tratamento apenas nos dentes da frente e ignorar os dentes de trás, achando que dessa forma vai economizar tempo e dinheiro. Mas os problemas dentais que não são tratados a tempo podem evoluir para uma situação bem mais grave, exigindo tratamentos mais complexos e dispendiosos.

Esses são apenas alguns dos exemplos de procedimentos odontológicos em que as pessoas não dão a mesma importância para dentes posteriores e anteriores. É importante que o cuidado com saúde bucal seja completa, independente se o dente aparece ou não, pois a saúde não leva em consideração essas coisas. Existem medidas simples para preservação da saúde bucal. A correta higienização oral e consultas de rotina continuam sendo as melhores formas de evitar problemas mais sérios.

Ah, e ouça o seu dentista quando ele diz que manter os dentes posteriores saudáveis é tão importante quanto os dentes anteriores. Ele mais do que ninguém sabe as consequências que um problema não tratado a tempo pode trazer no futuro.

 

 

Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.
(11) 3262-4750

contato@implart.com.br

Fale Conosco

WhatsApp: (11) 99598-1866

Skype: clinica_implart

Facebook: ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter: @implart

Instagram: ClinicaImplart

 

FacebookEmailShare

Deixe um comentário

Close