A Implantodontia e Estética Dental pelo Especialista | fotos e video | implante dentario | reabilitação oral

A importância da tomografia computadorizada

A importância da tomografia computadorizada
FacebookEmailShare
A tomografia computadorizada é um exame importante no planejamento de implantes dentários. O principal motivo é que só através dela, o cirurgião implantodontista consegue medir com exatidão a espessura e altura óssea do maxilar e mandíbula, e assim constatar se essa disponibilidade óssea é suficiente para fixação e estabilização dos implantes dentários. Apenas com esse exame o cirurgião já pode ter uma perspectiva dos resultados. Lembrando que a boa disponibilidade óssea é um fator fundamental para fixação dos implantes e consequentemente para o sucesso do procedimento.

 

No planejamento de implantes dentários a tomografia computadorizada se sobressai em relação à uma simples radiografia panorâmica, porque as imagens geradas são diferentes nesses dois exames. Em uma tomografia computadorizada as imagens são em 3D e mostram os tecidos de forma distinta, enquanto que na panorâmica as imagens são em 2D e os tecidos aparecem sobrepostos, dificultando que o cirurgião visualize a espessura correta dos ossos.

 

São comuns os casos onde a disponibilidade óssea está prejudicada, como por exemplo, em pessoas que perderam seus dentes e passaram a utilizar prótese móvel (dentadura) por muitos anos, ou simplesmente não os substituíram por nada. A ausência de dentes leva o organismo a iniciar um processo natural chamado reabsorção óssea no local. Esse processo é progressivo, ou seja, quanto mais tempo o indivíduo estiver nessas condições, mais avançada estará a perda óssea, inviabilizando, pelo menos de imediato, a colocação de implantes dentários.

 

Há ainda outro importante papel da tomografia computadorizada no planejamento de implantes dentários: através dela, o cirurgião implantodontista pode planejar com antecedência o posicionamento e a disposição dos implantes conforme a disponibilidade óssea e as necessidades de cada paciente. As imagens da tomografia computadorizada podem ser transferidas para um computador, permitindo a manipulação e simulação da cirurgia através de um software. A partir dessa projeção, o cirurgião encomenda uma guia plástica que funciona como uma régua no momento da cirurgia, com a indicação exata de onde devem ser feitas as perfurações. Isso contribui para que cirurgia ocorra de maneira minimamente invasiva, evitando cortes desnecessários dos tecidos moles, como a gengiva. Tanto cirurgia, como período pós-operatório são muito mais tranquilos, com pouco ou nenhum sangramento e dores. Conhecendo a real espessura e altura óssea, o cirurgião também tem mais segurança para escolher o modelo do implante adequado para cada paciente.

 
Eventualmente, a tomografia computadorizada também pode ser solicitada dentro dos primeiros meses após a cirurgia para que o cirurgião acompanhe o processo de osseointegração dos implantes. Esse fenômeno é esperado nos primeiros meses após o procedimento e é importante para completa estabilização dos implantes. Se houver algum sinal clínico de insucesso no procedimento (mobilidade do implante ou infecção, por exemplo), o exame deve mostrar com clareza o que está acontecendo.

 

A Clínica ImplArt é especialista em implantes dentários, tendo realizado mais 5000 procedimentos com pacientes satisfeitos. Venha nos fazer uma visita e conheça a nossa equipe e estrutura diferenciada. Entre em contato conosco:

(11) 3262-4750

contato@implart.com.br

Fale Conosco

Skype: clinica_implart

FacebookEmailShare

Deixe um comentário

Close