A Implantodontia e Estética Dental pelo Especialista | fotos e video | implante dentario | reabilitação oral

Dentes. Separados ou não ou os dois? Eis a questão!

Dentes. Separados ou não ou os dois? Eis a questão!
FacebookEmailShare

Eis a questão!

Por: Carmen Saragô – Profissional de Criação e Marketing

Agora no mês de agosto, duas importantes revistas de moda brasileiras estamparam em suas capas modelos com uma característica curiosa e coincidente: dentes da frente bem pronunciados e separados, mais conhecidos pelos cirurgiões-dentistas como Diastema. A Vogue exibiu a top model americana Lindsey Wixson com a boca que parece de uma boneca, aberta de propósito para mostrar os dentes. O visual moderno, totalmente prata e os olhos azuis esfumados destacam ainda mais o rosto incrível dela.

 

diastema vogue

 

Ela, na Elle

 

A outra capa é a que ilustra a Elle, com a filha de um dos roqueiros mais famosos do planeta e mãe linda, não menos famosa, a supermodelo Jerry Hall. Claro que Georgia May Jagger prova pelo bocão que é filha de Mick Jagger sem exame de DNA. E adivinha quem vem na frente? Os dentes e o Diastema Frontal!

 

Diastema Elle2

As “Mônicas” modernas e top models tiraram proveito disso. Os editores também. É legal ser do jeito que você é. Mas também é legal ir ao dentista para colocar as novas lentes dentais ou aparelhos ortodônticos, cirurgias (porque cada caso é um caso). O que mais importa é a pessoa estar bem e se sentir bem, sem perder a funcionalidade dos dentes, seja com diastema ou não. Tem quem goste só dos padrões estéticos normais. Mas o mundo de hoje prega a diversidade e isso é ainda mais incrível. Só que o grande problema de uma discussão como essa é que podemos ver na TV exemplos de gente que mostram e incentivam as meninas modelos, sem experiência, a raspar (Isso mesmo) os dentes par deixá-los separados, ficar com um aspecto diferente e, pasme, mais competitivo no mercado.

 

Aí o diferente, além de causar um problemão, vira padrão de novo e promove cópias. Ou seja, um retrocesso. Precisamos evoluir e criar o nosso padrão estético que nos faça melhores, com qualidade de vida.

 

E você o que acha deste texto? Comente!

FacebookEmailShare

Deixe um comentário

Close